Fórum ISE 10 anos

O evento de comemoração de 10 anos do Índice foi o marco para a divulgação da plataforma Mundo ISE linkando temas da sustentabilidade ao questionário do ISE, passando também por conceitos relevantes.

A cerimônia foi aberta com uma reunião do Conselho Deliberativo do ISE, o órgão máximo de governança do ISE, que tem a missão de garantir um processo transparente da construção do índice e a seleção das empresas. São membros do conselho deliberativo: BM&FBOVESPA, ANBIMA, APIMEC, IBRACON, ABRAPP, Ethos, Ministério do Meio Ambiente (MMA), PNUMA, IFC, GIFE, IBGC e GVCES. De maneira geral investidores, auditores, organizações sem fins lucrativos e setor público se reúnem para discutir como os aspectos da sustentabilidade corporativa baseada em eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança corporativa podem ser comparados entre as empresas que desejam fazer parte do índice.

IMG-20151020-WA0000

O interessantíssimo painel de encerramento contou com a presença de Mário Monzoni, coordenador do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP, e Fábio Barbosa,  consultor e ex-presidente do Banco Real ABN Amro, da FEBRABAN e do Grupo Abril Mídia,  mediado por Sonia Favaretto, atual presidente do CISE e Diretora de Imprensa e Sustentabilidade da BM&FBOVESPA. Fábio Barbosa e Mário Monzoni prestaram importantes contribuições ao longo dos anos para a criação do ISE e com seus relatos trouxeram ao público uma visão da época.

Monzoni e Barbosa relataram os obstáculos e dificuldades vividas dentro das instituições que faziam parte e seus ecossistemas, além da influência e colaborações internacionais. Barbosa, também trouxe o case do Fundo Ethical, criado pelo Banco Real ABN Amro em 2001, foi o primeiro fundo na América Latina a incentivar o investimento em negócios sustentáveis, e foi uma importante influência para constituição do ISE (saiba mais nesta matéria da Folha de São Paulo de 2004).

 

História do ISE  

O ISE surgiu como uma forma de disseminar esse tipo de enfoque dentro do mercado financeiro, sinalizando aos investidores as organizações mais avançadas em valores e práticas de sustentabilidade e reforçando a noção de que investimentos alinhados a preocupações socioambientais são mais rentáveis que o business as usual.

No primeiro questionário ISE, haviam 800 indicadores, mas haviam muitas redundâncias e faltavam complementariedades a assuntos pertinentes, o que levou a organização a dividir os questionários em 5 dimensões. Hoje esta avaliação é feita por meio de um amplo questionário que avalia aproximadamente 70 indicadores distribuídos em sete dimensões: Geral, Natureza do Produto, Governança Corporativa, Econômico-Financeira, Social, Ambiental e Mudanças Climáticas, sendo que as dimensões Natureza do Produto e Mudanças Climáticas foram as últimas a serem inseridas. O processo de consulta pública foi outro diferencial para o ISE, criando um espaço para trazer o que há de melhor. Essas mudanças tornaram o índice mais fácil e seus critérios mais conhecidos. O ISE virou referência. 

Sobre o ISE

O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBOVESPA comemorou seus 10 anos no dia 18 de outubro. O ISE é uma ferramenta para análise comparativa da performance dentre as 200 empresas mais líquidas na Bolsa de Valores. Questionários respondidos de forma voluntária são compostos com questões divididas em 7 dimensões (Geral, Natureza do produto, Mudanças climáticas, Ambiental, Governança Corporativa, Econômico-Financeira e Social) para compor 71 indicadores quantitativos e qualitativos. O CISE avalia e decide de acordo com as evidências e comprovações apresentadas.