Como usar big data & analytics preditiva para melhorar a gestão em RH?

gn_niunjyji-nick-karvounisOs departamentos de RH geram grandes volumes de dados diariamente: salários e benefícios, contratações, demissões, departamentos, conflitos sociais, avaliações anuais, etc.
Big Data combinada à análise preditiva abre um forte potencial para os profissionais de RH e gerar grandes benefícios a todos os stakeholders da organização: funcionários, diretoria e business partners do RH.

Abaixo, fizemos uma lista não-extensiva das aplicações de análise preditiva direcionada aos departamentos de RH. Nos próximos posts, demonstraremos algumas destas aplicações usando um estudo de caso concreto.

Contratando otimização

Contratar certo é a chave do sucesso. E não somente porque é a primeira vez que a companhia entra em contato com seu futuro colaborador. Bancos de dados do passado combinado às informações públicas disponíveis na web podem ajudá-los a tomar a decisão correta no futuro e facilitar o início do recém-empregado.

  • Detectar talentos e grandes potenciais
  • Aumentar as taxas de sucesso na contratação
  • Prever a eficácia do canal de recrutamento
  • Prever a força da marca do empregador
  • Encontrar o equilíbrio entre a força de trabalho contingente e fixa

Performance do colaborador

Aplicar eficientemente analytics e a tecnologia preditiva no RH pode trazer novos insights aperfeiçoando a performance e otimizando as oportunidades em diversos momentos no ciclo do colaborador.

  • Prever o absenteísmo e riscos de acidente de trabalho
  • Analisar o engajamento do colaborador
  • Analisar e prever os melhores processos de integração para reduzir o time-to performance

Retenção dos colaboradores

Big data analytics aplicado ao RH trará com precisão quais as motivações de seus colaboradores e os motivos que os fazem permanecer por mais ou menos tempo na sua organização. Baseado em alguns dados – facilmente disponíveis na maioria dos departamentos de RH – modelos algorítmicos são capazes de extrair análises poderosas que te levarão a tomar as decisões corretas e que podem imediatamente melhorar as taxas de retenção de funcionários.

  • Detectar potenciais demissionário e tomar ações preventivas
  • Analisar dificuldades por unidade de negócio ou departamento
  • Prever a evolução do turnover no curto, médio e longo prazo