Verteego recebe o Climathon

10915185_10152742076644613_8363997978886333000_n

O Climathon, uma maratona (ou hackaton) dedicada à prototipagem de soluções digitais para enfrentar os desafios frente às mudanças climáticas, 13 e 14 de fevereiro de 2015 na matriz da Verteego, em Paris.

O evento segue a linha do Campus Party com discussões e troca de informações em um curto espaço de tempo sobre tecnologia, ciência e inovação. Porém, o Climathon tem um objetivo exclusivo: soluções digitais em sustentabilidade.

Seu início se dá com a sessão de greenstorming que será realizada no Sensecube, um acelerador de start-ups em Paris, no dia 12 de fevereiro.

Estes encontros de especialistas em TI, empreendedores, estudantes, pesquisadores em ciências humanas e experts em sustentabilidade são dedicados a criação de soluções digitais com o objetivo de prevenir e limitar as mudanças climáticas e outras problemáticas ligadas ao desenvolvimento sustentável. Os recursos e procedimentos necessários serão disponibilizados pela Verteego e o Code for Climate. Inclusive um repertório de cases de fábricas open data.

O grande desafio é a criação de protótipos em menos de 48h, que exige um know-how específico dos participantes nos temas ligados ao desenvolvimento sustentável (energia, insumos, clima, etc).

Além do desenvolvimento de apps (ferramentas de análise de comparação, novos serviços ao mercado, novos formatos para visualização, etc.) o networking e a interação com as tecnologias mais recentes do assunto serão proporcionados no evento.

 

A origem do projeto

Diego Le Gallou-Matus et Benoît Guyot, idealizadores da iniciativa Code for Climate: “Nos encontramos em Paris em setembro de 2014 no Hack4Good, um evento de 48 horas qual 3000 desenvolvedores e experts de energia e clima participaram em 40 cidades do mundo para criar uma centena de soluções digitais para prevenir e limitar as mudanças climáticas. Este ano Paris sediará a COP21: nada poderia ser mais interessante que ser o catalizador de encontros para imaginar e criar novas ferramentas contra as mudanças climáticas”.

Para Clément Guillon, Diretor da Verteego: “É formidável receber uma etapa de um hackaton e a primeira edição do Climathon. A Verteego foi construída e sempre fez a promoção de trabalhos interdisciplinares com empreendedores, desenvolvedores TI e pesquisadores de ciências humanas. Esperamos que a partir deste Climathon nascerão apps, sites colaborativos e novos serviços online com grande potencial de medir e diminuir as mudanças climáticas. Desejamos igualmente que muitos encontros se realizem e que produzam novas start-ups ou associações e que criarão novos empregos.”

 

Quer saber mais sobre este evento?

Entre em contato conosco.